Salário Mínimo 2019: Valor, Reajuste, Tabela e Aumento

O salário mínimo terá uma revisão agora em 2019. Para saber mais detalhes, leia este artigo até o final, vamos falar tudo sobre o novo salário mínimo 2019. O Presidente Michel Temer já acertou o novo valor do salário mínimo e a partir de 1 de janeiro, o novo valor do salário mínimo 2019 já vai estar valendo.

A partir do ano que vem mais de 40 milhões de trabalhadores do Brasil vão ter esse novo reajuste, que é de aproximadamente 2,99% de aumento para o salário mínimo do país.

Salário Mínimo 2019
Salário Mínimo 2019

Valor do Salário Mínimo 2019

Valor do Salário MínimoOs benefícios trabalhistas e previdenciários também ganharão o reajuste do novo salário mínimo de 2019. Este aumento melhora a vida do trabalhador, dá mais oportunidades de compra e renda para as famílias.

O decreto do presidente Michel Temer foi divulgado há esses dias e um novo valor do salário mínimo 2019 começará a valer a partir de 1 de janeiro de 2019. O aumento foi reajuste em cerca de 2,99% e o valor até está em R$ 937,00. A partir do ano de 2019 o valor será de R$ 954.

Se a economia continuar reagindo bem no ano que vem, os rumores são de que o salário mínimo para 2019 poderá ultrapassar os R$ 1.000,00, podendo chegar a R$ 1.067,40.


Tabela Salário Mínimo 2019

O salário mínimo vem ganhando bons reajustes nos últimos anos:

  • Em 2012, quando o salário mínimo era de R$ 622,00;
  • Em 2013 o valor chegou a ser de R$678,00;
  • em 2014 foi para R$724,00;
  • em 2015 era de R$788,00;
  • em 2016 ganhou um reajuste para R$880;
  • em 2017 o salário mínimo subiu para de R$937,00;
  • em 2018 passou a ser de R$ 954,00;
  • em 2019, está  previsto para R$ 1020,00

O salário mínimo é o valor mínimo que um trabalhador pode receber com carteira assinada. Nenhuma empresa pode contratar um empregado com um valor abaixo do salário mínimo cumprindo 8 horas diárias.


Reajuste Salário Mínimo 2019

Aumento Salário MínimoDurante alguns anos o salário mínimo vem ganhando reajustes consideráveis e ajudando milhões de trabalhadores brasileiros espalhados pelo país. O aumento do salário mínimo aumenta o poder aquisitivo do cidadão e aquece a economia.

O salário mínimo de 2019 está ganhando um reajuste de 2,99% e vai contribuir para que mais famílias tenham oportunidades e acesso a uma melhor alimentação, vestuário e outros importantes benefícios.

Desde 2012, o salário mínimo vem tendo reajustes importantes e melhorando a vida de milhões de pessoas, podendo ser trabalhadores ou aposentados.


Tabela do Salário Mínimo 2019

O salário mínimo de 2019 está cumprindo uma tabela de bons reajustes desde o ano de 2012. Todo fim de ano, o presidente decreta um reajuste para começar a valer para o primeiro dia do ano seguinte.

Para o ano de 2019 o salário mínimo chegará ao valor de R$954 reais, um reajuste de cerca de 2,99%. No ano de 2012 o salário mínimo era de R$622 reais.


Cálculo Salário Mínimo 2019

Cálculo salario minimo 2019Para calcular quanto será o valor do salário mínimo de 2019 com os descontos cobrados pelo INSS é muito simples. Basta continuar acompanhando o nosso artigo. Para o valor líquido o trabalhador ou aposentado precisa retirar 8%, que é o valor da alíquota do imposto do INSS.

Do valor de R$954, esses 8% serão de aproximadamente R$80,22 reais a menos. O valor do salário mínimo também pode agregar alguns direitos e tributos trabalhistas de acordo com o trabalho do empregado.

Os principais direitos e descontos que acontecem na folha salarial do trabalhador são os 8% a 11% do INSS, imposto de renda, vale refeição – que pode ser de até 20% – vale transporte, que pode chegar a 6%, pensão alimentícia, assistência médica e odontológica, contribuição sindical e atrasos e faltas caso o trabalhador tenha.


Salário Mínimo 2019 Regional

Salário Mínimo Regional 2019Além do salário mínimo nacional, alguns estados brasileiros adotaram o salário mínimo regional, que é ainda maior que o salário mínimo nacional. Todos os estados precisam seguir o salário mínimo nacional, alguns seguem os salários regionais para melhorar ainda mais a condição financeira do trabalhador.

  • O estado de São Paulo tem um salário mínimo regional de R$ 1.108,38
  • O estado do Rio de Janeiro cumpre um valor de R$ 1.136,53
  • O estado de Santa Cataria tem um valor regional de R$ 1.078,00
  • O estado do Rio Grande do Sul um salário de R$ 1.175,15
  • O estado do Paraná que é de R$ 1.414,60.

Esses sãos os valores mínimos que um trabalhador de carteira assinada deverá receber para trabalhar 8 horas diárias. Os estados que não possuem valor regional deverão cumprir o salário mínimo nacional.


Salário Líquido 2019

O salário mínimo é um valor bruto, ou seja, o trabalhador ainda terá descontado em sua folha salarial alguns benefícios e tributos. O salário mínimo de 2019 será de R$ 1020,00, contudo ainda é preciso calcular o desconto do INSS, que é obrigatório.

Outros descontos, dependendo do cargo e empresa do trabalhador, podem existir, entre eles o vale transporte, vale refeição ou alimentação, imposto de renda, plano de saúde, entre outros. O INSS desconta entre 8% a 11%, outros benefícios e tributos têm descontos próprios.


Benefícios que terão reajuste junto com o Salário Mínimo 2019

Todo fim de ano o presidente decreta um aumento do salário mínimo para melhores condições financeiras dos trabalhadores. Outros benefícios trabalhistas também recebem o mesmo reajuste do salário mínimo.

Os benefícios que recebem o reajuste anual também são o seguro desemprego 2019, auxílio-doença, salário maternidade, aposentadorias – que pode ser por invalidez, contribuição e por idade – pensões, décimo terceiro salário, entre outros benefícios trabalhistas.

O salário mínimo é uma das maiores conquistas dos trabalhadores brasileiros, dentre outros benefícios. Com o salário mínimo o trabalhador detém um valor mínimo para receber e garantir o seu acesso a uma boa alimentação, vestuário, lazer, transporte, entre outros direitos.

O salário mínimo é um direito garantido ao trabalhador desde o ano de 1940, quando foi promulgado a Consolidação das Leis Trabalhistas, conhecida como CLT. Junto surgiram vários outros direitos trabalhistas como a carteira assinada, férias, décimo terceiro salário, horas extras, dentre outras.